Rua Rodrigues dos Santos, nº 252, entre Tv. Gurupá e Tv. Alenquer

 

 

A Casa Stúdio Pepê Condurú foi um espaço de exposição, circulação, produção e difusão, em Belém, das artes visuais, que funcionava nas dependências da casa do artista visual Pepê Condurú, no mesmo local onde pesquisava, experimentava e criava suas obras. O espaço estava aberto para troca com artistas, projetos e circuitos culturais, dentre eles, o Circular que, participou de suas edições até 2015, com exposição das obras do próprio artista-gestor e de outros artistas parceiros. Atualmente, se desterritorializou deste local, encontrando nos altos de outra casa do bairro da Cidade Velha, um espaço propício para moradia e criação de um atelier e laboratório de experimentação do Pepê Condurú.

 

ARTISTA-GESTOR

Pepê Condurú

Pedro Paulo Góes Condurú é artista plástico autodidata, nascido em Belém em 1958. Vive arte desde a adolescência quando ‘devorava’ livros de mestres como Van Gogh, Lautrec, Picasso, Rousseau e outros. Expôs pela primeira vez em 76, na Galeria Francesa, em Belém, e dois anos depois foi morar no Rio de Janeiro, onde cursou oficinas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Também morou em São Paulo trabalhando com lixo urbano e industrial, ao mesmo tempo em que pesquisava a arte amazônica, seus traços e raízes. Autodidata também em softwares e sistemas, utiliza o computador como meio criativo de produção. Em 2007 fez 30 anos de carreira com mostra de comemoração e lançamento do livro com sua trajetória artística. Hoje pinta seu novo trabalho em desenvolvimento, o PixelPart, peças múltiplas interativas inspiradas no pixel do computador que já teve duas exposições em 2015.

 

LINKS

Blog:
Casa Stúdio Pepê Condurú – Circular:
Enciclopédia Itaú Cultural:

 

VÍDEOS




 

 FOTOS